Carregando página Daksa Digital Strategy
60% Complete (warning)

BLOG

5 Dicas para um bom gerenciamento da comunicação integrada de marketing

postado por Renato Casteleti
20/02/2018
5 Dicas para um bom gerenciamento da comunicação integrada de marketing

Hoje em dia todas as empresas que se consideram sérias e têm alguma pretensão de crescer, abocanhando mais mercado, precisam investir em comunicação e marketing. São duas funções de uma companhia que podem trabalhar em conjunto para assegurar mais resultados, com uma importância estratégica que não pode, em hipótese alguma, ser desconsiderada.

Entretanto, para dar mais certo ainda, é muito importante que estas duas ferramentas de sua empresa trabalhem em harmonia, com engrenagens unidas e bem lubrificadas. Vamos dar algumas dicas de como gerenciar de forma adequada a integração entre comunicação e marketing.

1 - Manter os profissionais próximos

Fisicamente falando, faz muito sentido deixar os profissionais de comunicação e marketing próximos uns aos outros. Se possível, pode ajudar também deixar estes dois grupos perto dos times de vendas, pois eles podem precisar se comunicar constantemente, além da troca de conhecimentos que é muito importante, tornando os profissionais mais multidisciplinares.

2 - Ter coerência no Pitch

Pitch, quando falamos em marketing, está relacionado ao tipo de abordagem que será utilizada com os clientes. É muito que o pitch, tanto dos vendedores, como dos profissionais de marketing e comunicação seja coerente.

Ele não precisa ser igual, visto que diferentes clientes possuem diferentes necessidades, mas eles não podem ser contraditórios ou ter diferenças conceituais discrepantes. Uma linguagem que reproduz a identidade e os valores da marca são fundamentais.

3 - Usar funil de vendas

O funil de vendas é uma metáfora para o processo de decisão do cliente ao longo da venda. Profissionais de marketing já estão acostumados com esse conceito, mas ele pode ser estranho aos responsáveis pela comunicação.

Por isso, oriente todas as comunicações de sua empresa ao funil de vendas. Topo: clientes percebendo necessidades. Meio: clientes cientes de necessidades, escolhendo entre opções. Fundo: clientes já escolheram pela sua opção, mas precisam de um “empurrãozinho” para fechar negócio.

Estes diferentes momentos de venda devem estar refletidos na forma como a empresa se comunica com os diferentes públicos e segmentos. Isso ajuda na percepção dos clientes em relação à importância e a força da marca.

4 - Valorize o posicionamento de mercado

Além de estar de acordo com um pitch, com o funil de vendas e com a identidade da empresa, é importante que a comunicação integrada ao marketing da companhia também estejam em consonância com o posicionamento desta organização no mercado.

Quando falamos em posicionamento, nos referimos à “localização” da marca no imaginário do público: seu produto é líder, ou está lutando para bater a liderança? Ou ainda, é novo no mercado e quer se consolidar? Faz parte de um mercado concentrado e procura um lugar ao sol? Tudo isso precisa ser posto na ponta do lápis.

5 - Conectar comunicação integrada ao marketing em ambientes de negociação

Se a sua empresa possui um ambiente online onde os clientes podem obter mais informações sobre os produtos e serviços (mesmo que sem anunciar diretamente as mercadorias em si), faz muito sentido captar informações destes consumidores para tentar vendas no momento posterior. A comunicação (informação relevante), associada ao marketing (captar, conquistar e fidelizar clientes) se tornando renda (vendas e negócios).

Posts Relacionados