Carregando página Daksa Digital Strategy

Definição de persona: como essa definição direciona seu planejamento de marketing?

Definição de persona: como essa definição direciona seu planejamento de marketing?

postado por Renato Casteleti
02/02/2018
Definição de persona: como essa definição direciona seu planejamento de marketing?

Você sabe o que é persona? Sabe como este conceito pode ajudar no planejamento de marketing do seu negócio? Definir uma persona é um passo muito importante para qualquer estratégia e campanha de marketing. Fizemos um texto para explicar o que é uma persona e como a sua empresa pode definir a persona ideal para o negócio. Confira!

O que é persona?

A persona é um cliente ideal fictício. É o tipo de cliente perfeito para que a empresa possa ter os melhores resultados no que diz respeito a ticket médio, lifetime value, índices de rejeição, entre outros.

Há uma diferença entre persona e target. Target é o público-alvo, um público real e acessível, enquanto a persona é a clientela mais favorável, mas que precisa ser conquistada. É uma referência, portanto.

Na sua cartela de clientes, devem existir muitas pessoas com um alto número de características semelhantes à da persona, entretanto, o desejável é que a maior quantidade possível de consumidores se assemelhe à persona, pois esses são os clientes que mais irão negociar com a empresa.

É claro que a persona, por mais que seja hipotética, também precisa seguir padrões reais de renda, comportamento e demais características pessoas e profissionais. Para isso, empresas fazem constantes pesquisas de mercado e ajustes para estipular qual a persona mais indicada para o marketing.

Como definir uma persona?

A persona será utilizada para guiar as campanhas de marketing. Por isso, é importante que ela contenha o maior número de características possível, a fim de permitir ao time de marketing saber quais detalhes devem ser mais explorados ao longo das estratégias de captação, vendas, fidelização e relacionamento.

É feita uma auditoria na empresa, para saber qual público é almejado pelos produtos ou serviços oferecidos. Conversas com executivos, gestores e funcionários são fundamentais. As estatísticas relacionadas à negociação também podem ser usadas na criação desta persona.

Eis que começa a definição da persona.

Veja as características que comumente encontramos em personas:
Nome; idade; sexo; nível de formação estudantil; rendimento financeiro; posicionamento no mercado; principais anseios; principais dores; principais refeições; principais gostos; maiores sonhos; veículos de comunicação que consome; livros que lê; aspectos culturais; relacionamento com colegas, subordinados, sócios e fornecedores, entre outros.

Uma empresa não precisa ter apenas uma persona. Ela pode ter quantas julgar necessário para adotar suas estratégias de marketing. Entretanto, é comum que as companhias atribuam diferentes importâncias e prioridades para cada persona.

Por exemplo: alguns empreendimentos focam seus esforços no decisivo da empresa (CEO, COO, executivos, entre outros). Já outros negócios atacam principalmente os chamados influenciadores (funcionários de diferentes hierarquias, entre outros) e, por mais que haja foco sobre uma persona, a outra também é considerada e também pode ser alvo de campanhas. Tudo irá depender do fôlego do time de marketing e das decisões estratégicas da companhia.

A definição da persona é um passo importante para empresas que querem aprimorar suas vendas e seu marketing. Por isso, dedique tempo e orçamento a esta etapa do empreendimento.

Posts Relacionados