Recarregue sua mente no nosso blog

A Daksa está sempre inovando e reciclando ideias!
Venha conferir os conteúdos que preparamos para você ir cada vez mais longe.

.
Quanto custa um site? - parte 1

Por Renato Casteleti

29 de Novembro de 2017

//Marketing Digital

Sabemos o quanto é importante para as empresas possuírem um site. Mas criar um site profissional e competitivo é muito mais complexo do que as pessoas imaginam.

Como estamos em plena era digital, muitos empresários optam por utilizar perfis nas mídias sociais para a divulgação de seus produtos e serviços: elas são ferramentas livres, gratuitas e bem menos complexas do que um site.

Sim, estar presente nas redes sociais é muito importante para as empresas. No entanto, uma fan page no Facebook ou um perfil no Instagram não substituem o site, pois é através dele que você poderá conquistar a sua própria audiência e postar informações muito mais completas sobre seus negócios.


Quais os fatores envolvidos na criação de um site?

Ao falarmos em criação de um site profissional, é preciso levar em consideração todas as etapas e todos os profissionais que precisam ser envolvidos até a conclusão do projeto.

O primeiro passo é contar com um bom profissional no atendimento, pois é ele quem fará o levantamento de todas as necessidades da sua empresa e identificar o que precisa constar no seu site.

Após a realização desse briefing, é necessário ter um profissional de designer para elaborar o layout, criar temas, cores, usabilidade e toda a parte gráfica em geral. Na sequência, entra o trabalho dos redatores e planejadores de pauta. É fundamental que o seu site esteja sempre atualizado e que possua conteúdos úteis para o público que você deseja alcançar.

Com a ascensão do marketing digital, que já é uma tendência em todos os segmentos de negócios, é importante se certificar que o produtor de conteúdo do site trabalhe focado nas palavras-chaves e nos buscadores de ranqueamento do Google.

A próxima etapa envolve o trabalho dos desenvolvedores e programadores web. Existem dois tipos de desenvolvedores: os front end e os back end. O desenvolvedor front end é responsável por “dar vida” ao site. Ele trabalha com o layout transformando-o no formato ideal para navegadores e para melhor interação do usuário. Já o desenvolvedor back end, como o próprio nome diz, trabalha “nos bastidores” da construção do site. Esse profissional é responsável por criar as ferramentas por trás do layout, trabalhando com os servidores, o banco de dados e a aplicação (sequência de códigos criada pelo programador).

Por fim, é hora da análise de SEO e teste. Os profissionais dessa área são responsáveis por verificar se todas as funcionalidades do site estão corretas, como páginas de direcionamento, disparo de e-mails e a integração com outras ferramentas (como hubspot, CRM, etc.). Além disso, eles também cuidam da parte de domínio e hospedagem do site.

Bom, deu para perceber que criar um site não é tão simples como se pensa. Mas com uma equipe de profissionais competentes, que te ajudam a encontrar soluções inovadoras e estão atualizados com o marketing digital, o sucesso da construção do seu site é garantido! O mais importante é que seu site tenha a cara do seu negócio, desde o domínio até o layout final.

Site; layout; briefing; marketing digital,