Carregando página Daksa Digital Strategy

7 razões pelas quais os leads qualificados não estão convertendo em seu site

postado por Renato Casteleti
10/11/2013
7 razões pelas quais os leads qualificados não estão convertendo em seu site

Criar tráfego não é a mesma coisa do que converter leads. Quando se trata de otimização de sites, uma das armadilhas é o tráfego. Embora possa ser um bom indicador de seus rankings de pesquisa e crescimento da marca, o tráfego direto não resultará em geração de leads. Mas calma, pois esse é um problema que tem solução. E neste post falaremos destas soluções para que você consiga ser mais eficiente na hora de converter vendas no seu site.

RECALCULANDO A ROTA EM BUSCA DOS MELHORES LEADS
Nada mais frustrante do que investir tempo, esforço e não alcançar os objetivos. Mas, quando o assunto é a conversão em sites, normalmente há algumas razões para que isso esteja acontecendo.

1. Você não identificou adequadamente seu público-alvo.
Esse é o primeiro passo antes de iniciar o investimento em marketing de conteúdo. Seu conteúdo deve atender às necessidades, desejos e medos da sua persona. Deve dizer-lhe exatamente quais as dúvidas, problemas e desafios da sua persona e como o seu negócio vai ajudá-lo a alcançar os resultados desejados. Portanto, se esses dados estiverem incompletos ou errados, como você pode ter certeza de que está entregando o conteúdo que sua persona procura no seu site?

Se o seu site não está convertendo, a primeira coisa a se rever é a definição da persona. Ou se você não realizou a definição de persona na primeira vez, esse pode ter sido uma das razões pela não conversão do seu site.

2. Jornada de compra incompleta
Personas e jornadas de compra andam juntas. Uma vez que você tenha as identificado, a jornada de compra define os gatilhos que os levam a compra. A jornada de compra é baseada em quatro fases:
- Aprendizado e descobertas
- Reconhecimento do problema
- Consideração da solução
- Decisão de compra
Uma jornada completa inclui conteúdos para cada etapa do funil de vendas. Você está atingindo todas as etapas do funil? Como está o seu planejamento?

3. Problemas com a navegação do seu site
Às vezes pode ser difícil identificar erros de usabilidade no seu site porque você já conhece todos os caminhos (links) e onde está tudo. Se as conversões estiverem baixas, vale a pena verificar no Google Analytics e executar alguns testes de usuários leigos em seu site para ver se os visitantes estão se perdendo no seu site e não encontrando o que procuram.

4. Você está usando as palavras-chaves incorretas para ser encontrado
Se o seu conteúdo não está sendo encontrado pelos leads corretos ou está sem tráfego, talvez você esteja utilizando as palavras-chaves incorretas. Invista em SEO!

Não sabe o que é SEO? Ele tem como objetivo aprimorar uma página para que ela melhor se encaixe com os requisitos de ranqueamento dos mecanismos de busca, como o Google, por exemplo. São técnicas que são aplicadas por profissionais da área, que escolhem as palavras-chaves relacionadas ao conteúdo, excluindo as palavras genéricas e que não convertem. Além disso os mecanismos de SEO criam URLs amigáveis e utilizam a palavra-chave em títulos e subtítulos, que é um dos pré-requisitos do Google.

5. Proporcionar mais oportunidades de conversão
Você está levando oportunidades suficientes para direcionar seus clientes potenciais para o próximo passo? É possível que o seu CALL TO ACTION não esteja suficientemente claro ou não esteja sendo encontrado no seu texto. Ou não esteja colocado corretamente em cada texto das etapas da jornada de trabalho. Certifique-se de ter CTAs para todos os estágios de prontidão.

6. Você não está nutrindo os contatos
Você está utilizando métodos para nutrir os contatos durante toda a sua jornada de compra? No funil de vendas entram muitos contatos, mas até o lead chegar lá no fundo do funil, perde-se muitos contatos não qualificados no meio do caminho. O fato de alguém atualmente não ser um “lead qualificado” não significa que nunca será. É importante preencher seu funil com leads em todos os estágios para aumentar sua taxa de conversão final.

7. Você não utilizou o patrocínio nas redes sociais e na web
Um conteúdo inovador e rico não converte sozinho. Não mais, pelo menos. O boom da internet fez com que landing pages sejam criadas a todo o momento. Para se destacar é indispensável que você patrocine o seu conteúdo, seja no Google ou nas redes sociais. As pessoas têm medo da palavra patrocínio e a associam a algo caro. Se você faz parte desse grupo de pessoas, pare e estude sobre o assunto. Pode-se escolher um valor exato para promover um conteúdo, sem surpresas desagradáveis no final do mês.

Posts Relacionados