Carregando página Daksa Digital Strategy

A nova era digital exige empresas inteligentes

A nova era digital exige empresas inteligentes

postado por Renato Casteleti
21/05/2018
A nova era digital exige empresas inteligentes

A era digital promoveu diversas mudanças na sociedade — comunicação à distância, agendamento de consulta online, possibilidade do consumidor se expressar usando um dispositivo conectado à internet, etc. —, especialmente nas empresas, exigindo que elas adotassem novas posturas e criassem processos harmonizados com os princípios desta era, que já não dialogam com os valores do século passado. Pelo contrário, exigem maior flexibilidade das organizações e capacidade de entender a hora certa para aderir mudanças.
 

Fique conosco e confira a seguir quais são os princípios da era digital e como eles passam a exigir empresas inteligentes, ligadas com o que há de mais atual no mundo da web.
 

Saiba quais são os princípios da era digital
 

A era digital está alicerçada em três princípios, pelo menos é o que afirma o pesquisador e professor da Universidade Federal da Bahia, André Lemos. São estes os princípios: emissão, conexão e reconfiguração.
 

A emissão diz respeito à possibilidade do consumidor moderno valer-se da tecnologia para se expressar. O segundo tem relação com a possibilidade de conectar o que se pensa a uma rede mundial de computadores, fazendo da mensagem algo viral e visível a todos que se interessam pelo conteúdo. A reconfiguração, a mais importante de todas, diz respeito às mudanças que são geradas a partir da força da mensagem.
 

Qual a relação entre os princípios da era digital e as empresas?
 

Até o século passado, as empresas podiam, com tranquilidade, descansar. Isso porque as mudanças eram lentas e basicamente as companhias não tinham nenhuma ou quase nenhuma preocupação. A título de ilustração, se queriam se relacionar com os seus públicos, podiam acionar as mídias eletrônicas massivas — TV, rádio, etc. —, que serviam não apenas como meios de publicidade e propaganda de seus produtos e serviços, mas também como uma ponte que as conectava com os seus clientes, porém sem dar a estes o direito à palavra, ou seja, o direito de avaliar os produtos e serviços vendidos.
 

No entanto, com o desenvolvimento tecnológico novos formatos midiáticos digitais — redes sociais online, blogs, sites, fóruns de discussões, plataformas de petição pública, etc. — emergiram com a proposta de possibilitar aos consumidores total liberdade de expressar seus sentimentos, opiniões e satisfações com relação a praticamente tudo que diga respeito à sociedade: governo, marcas, produtos, serviços, ideias, etc.
 

Mas o que toda essa mudança tem a ver com as empresas? Tudo. O consumidor deixa de ser apenas o sujeito passivo da relação cliente-marca e passa a exercer um papel ativo, lutando pelos seus direitos e exigindo das marcas transparência nos negócios. Além disso, exige um relacionamento efetivo que seja benéfico para ambas as partes. Em outras palavras, o consumidor moderno exige empresas inteligentes, concatenadas com os princípios da era digital e suas demandas.
 

Baseando-se nos princípios, por exemplo, o consumidor pode, simplesmente, emitir uma mensagem de insatisfação com relação a uma determinada marca e colocá-la, com isso, dentro de uma crise, podendo manchar a sua imagem e a sua reputação perante os seus públicos estratégicos, fazendo com que as suas vendas sejam prejudicadas.
 

Por um lado, a era digital oportunizou às empresas a possibilidade de manter uma relação efetiva com os seus consumidores, desde que para isso adotem processos inteligentes e formas de comunicação e de relacionamento eficazes. Por outro, as colocou em risco, porém somente aquelas que não dão a devida importância aos tempos que vivemos, ou seja, a revolução digital, realidade da qual a sua empresa não pode se esquivar.
 

E aí, gostou deste texto? Esperamos que sim! Fique atento a outras publicações em nosso blog e saiba tudo sobre a era digital para implementar mudanças em sua empresa.

Posts Relacionados

Whatsapp contato