Recarregue sua mente no nosso blog

A Daksa está sempre inovando e reciclando ideias!
Venha conferir os conteúdos que preparamos para você ir cada vez mais longe.

.
O que é Mindset e como utilizá-lo a seu favor

Por Renato Casteleti

03 de Janeiro de 2018

//Marketing Acadêmico

A palavra “mindset” significa “configuração da mente” ou “mentalidade”. São as crenças que temos a respeito de nós, principalmente no que se refere à capacidade de conquistar o que desejamos. Isso é importante porque influencia diretamente no resultado final – se alguém não acredita que vai conseguir, na melhor das hipóteses, não vai colocar todo o seu empenho na empreitada; essa pessoa também pode ser paralisada por pensamentos autossabotadores.

A neurologia explica como e por que nosso cérebro não é muito receptivo com os desafios que surgem, mesmo quando sabemos que eles vão melhorar a qualidade da nossa vida. Quando temos que tomar uma decisão, por menor que seja, primeiro o corpo sofre a reação de uma emoção, como raiva, ansiedade ou alegria: variação dos batimentos cardíacos e da respiração, as pupilas se dilatam, etc.

Depois vem o sentimento, que é o pensamento que desenvolvemos a partir destas reações físicas – quando nos perguntamos como nos sentimos diante da situação. Esse sentimento vai nos fazer pensar sobre o próximo passo, que é a ação – por exemplo, aceitar ou não uma oferta de emprego. Muita gente se deixa contaminar pelo medo inicial, enxerga tudo negativo e age ao contrário da mudança, e assim nunca dá os passos que deveria para ter a vida que quer.

Precisamos lembrar que nosso cérebro age assim porque o medo foi importante para que nossos antepassados sobrevivessem, sem se arriscar demais. Ele é fruto da camada mais primitiva do cérebro, da qual fazem parte os gânglios basais, responsáveis pelas ações da rotina que não temos que pensar para executar.

Por essas ações ficarem gravadas nos gânglios basais, tudo que sai dessa rotina pode parecer errado, contra nós mesmos. Mas temos também a camada mais nova do cérebro, a do córtex pré-frontal, nossa parte mais racional, que podemos permitir que assuma o comando numa situação de decisão, em vez de nos deixarmos levar completamente pelas emoções e acabarmos paralisados por elas.


Uma maneira de fazer isso é a chamada Regra dos 5 Segundos, desenvolvida pela coach estadunidense Mel Robbins. Diante de um desafio, ao sentir os pensamentos da ansiedade tomando forma, conte de 5 a 1 de trás para frente e faça algo como levantar da cadeira, começar a falar, consultar um livro, etc.

Isso funciona porque, ao contar de trás para frente, os gânglios basais são “desligados”, e ao executar uma ação você está-se ensinando a agir quando normalmente entra em pânico. Isso dará mais clareza ao seu cérebro para escolher que resposta dar ao desafio.

Mindset é um termo muito importante também na área do empreendedorismo. Por isso, algumas dicas que podem servir também para seu negócio:

  • Examine as crenças que você tem sobre como as coisas funcionam, e se elas continuam servindo para seu momento de hoje. Exemplo: há vinte anos, viajar de avião era muito caro, hoje não é mais.
  • Não se foque demais nos aspectos negativos ou inúteis da situação, que não interessam ao que você quer alcançar. Concentre-se na solução, não no problema.

empreendedorismo; mindset; marketing digital; negócio,